Nos EUA, dezenove bombeiros morrem durante incêndio florestal

Nos EUA, dezenove bombeiros morrem durante incêndio florestal

Eles ficaram presos pelo incêndio florestal que se propagou rapidamente.

Dezenove bombeiros morreram na noite do domingo (30) em um incêndio florestal registrado no estado do Arizona, nos Estados Unidos, segundo informaram vários meios de comunicação americanos. Fontes oficiais do estado do Arizona, na fronteira com o México, disseram que esta é a pior tragédia florestal envolvendo bombeiros registrada em 30 anos nos EUA.

Os bombeiros, pertencentes a um corpo de elite, ficaram presos pelo incêndio florestal que se propagou rapidamente com a ajuda de fortes ventos em uma área conhecida como Yarnell Hill.

O incêndio provocou, além disso, a evacuação de moradores da pequena cidade de Yarnell, situada a cerca de 130 quilômetros ao noroeste de Phoenix.

"Este é o dia mais triste que posso recordar", disse a governadora Jan Brewer.

"Os bombeiros estavam lutando contra o incêndio de Yarnell, perto de Prescott, onde o fogo, que avançava a toda velocidade, atingiu o local onde estavam", completou.

"Podem passar dias, ou mais, antes que uma investigação revele como esta tragédia aconteceu, mas sabemos o essencial em nossos corações:

combater o fogo é um trabalho perigoso. O risco é bem conhecido por estes corajosos homens e mulheres que combatem as chamas", disse.

Pelo menos 200 das 500 casas dessa cidade ficaram danificadas pelo incêndio, que arrasou 800 hectares de floresta, segundo informou o porta-voz da divisão florestal do estado do Arizona, Mike Reichling, citado pela edição digital do jornal "The Arizona Republic".

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, enviou condolências às famílias dos bombeiros mortos. "Eles colocam-se em perigo para proteger a vida e a propriedade dos cidadãos", disse ele, que está em viagem pela África.


Dezenove bombeiros morrem em incêndio floresta nos EUA

Fonte: G1