Doença incurável obriga menina de 9 anos a ingerir três litros de leite e doces todo dia

Doença incurável obriga menina de 9 anos a ingerir três litros de leite e doces todo dia

O tratamento começou há três anos e sua mãe Karen Shaw, de 35 anos, gastou até o momento cerca de R$ 6.500 em leite.

Holly Lindley, de 9 anos, tem uma doença rara que afeta o armazenamento de glicogênio em seu corpo. Isto significa que a comida que ela ingere não é convertida em energia.

Como não existe tratamento para a condição, a jovem tem que tomar aproximadamente 6 litros de leite misturados à sopa de farinha de milho antes de dormir para impedir seu corpo de entrar em coma. A farinha de milho contém amido, que vai liberando energia lentamente durante a noite.

O tratamento começou há três anos e sua mãe Karen Shaw, de 35 anos, gastou até o momento cerca de R$ 6.500 em leite. "Nós temos que ter certeza de que ela sempre o bebeu porque em algumas noites que ela não quer. Temos que lembrá-la que é para seu próprio bem?, disse a mãe ao jornal britânico Daily Mail.

Holly foi diagnosticada com o problema com 2 anos de idade depois que ela desmaiou em sua casa e seu vizinho teve de ressuscitá-la. Médicos a diagnosticaram então com a doença rara, que afeta apenas 1 em três milhões de pessoas.

Quando a menina ficar mais velha, ela precisará de mais energia e terá que aumentar ainda mais a quantidade de leite ingerida. "Ela ama leite e agora se acostumou com a farinha de milho", diz a mãe.

Além do leite, Holly precisa comer chocolate e doces entre as refeições. "Eu tenho certeza de que ela é a única garota na escola que leva duas barras de chocolate em sua lancheira.?

Fonte: Crescer