Egito liberará que maridos façam sexo com esposas mortas até 6 horas depois de morte

Egito liberará que maridos façam sexo com esposas mortas até 6 horas depois de morte

O projeto de lei está sendo discutido pelo parlamento do país.

Maridos egípcios em breve poderão legalmente ter relações sexuais com suas esposas mortas - por até seis horas após a sua morte.

A nova lei controversa é parte de uma série de medidas que estão sendo introduzidas pelo parlamento islâmico. Ele também irá rever a idade mínima do casamento que baixou para 14 anos.

O assunto de um marido fazendo sexo com sua esposa morta surgiu em maio de 2011, quando o marroquino clérigo Abdul Bari Zamzami disse que o casamento continua válido mesmo após a morte.

Ele também disse que as mulheres têm o direito de ter relações sexuais com seu marido morto. Parece que o tema, que gerou indignação, já foi pego por políticos do Egito.

Fonte: Daily Mail