Em fotos, militares dos Estados Unidos queimam corpos em praça do Iraque; Pentágono investiga

Em fotos, militares dos Estados Unidos queimam corpos em praça do Iraque; Pentágono investiga

Imagens foram obtidas pelo site TMZ e repassadas a autoridades americanas, que abriram uma investigação para apurar o caso

O exército dos Estados Unidos iniciou uma investigação depois ter acessos a imagens de fuzileiros navais americanos queimando cadáveres que parecem ser de insurgentes iraquianos. As fotos foram inicialmente obtidades pelo site TMZ - mais conhecido por noticiar assuntos ligados a celebridades. De acordo com o portal, as 41 imagens foram feitas em 2004, em Fallujah.

Em uma das fotos, um soldado americano parece derramar uma substância inflamável sobre um corpo, que autoridades acreditam ser de um insurgente. Outras imagens mostram corpos em chamas ou totalmente carbonizados. Há ainda a fotografia de um fuzileiros naval agachado ao lado de um morto, com a mão no bolso da calça do homem.

O TMZ considerou que algumas das imagens eram muito chocantes e não as divulgou. Haveria fotos de corpos cobertos de moscas e até um cadáver sendo devorado por um cão.

As fotografias foram enviadas ao Pentágono, que informou ao TMZ que uma investigação foi aberta. Com base nas imagens, os militares americanos teriam desrespeitado o código de justiça militar ao violar restos mortais. Não há prazo para prescrição dos crimes e, mesmo que os homens nas fotos não estejam mais no serviço militar, eles podem ser processados e presos.

Fonte: Terra