Encontrado no jardim da mãe o corpo de um jovem sumido desde 2013

O corpo foi encontrado há quase 2 anos depois do seu desaparecimento


O corpo de um estudante britânico foi descoberto no jardim (ou “floresta”, como chamaram) da casa de sua mãe quase dois anos depois de seu desaparecimento. Miller Redpath foi visto pela última vez em 13 de agosto de 2013, em Loddon, Norfolk.

A equipe de polícias que descobriu seu corpo em estágio avançado de decomposição no jardim da casa de sua mãe, em 24 de outubro. O DNA do jovem de 17 anos foi reconhecido em testes recentes.

A causa da morte dada pelo patologista, Dr. Ben Swift, está como "indeterminada", já que não foi encontrada nenhuma evidência de ossos quebrados ou lesões. Também não houve provas de que ele era um usuário regular de drogas.

"Embora temos provas de que o corpo estava lá há tempo considerável, existe a incerteza sobre as circunstâncias exatas sobre a morte. Infelizmente, há perguntas que não acharemos respostas”, disse o delegado.

A mãe do britânico participou da audiência, mas se recusou a comentar depois. Na época do desaparecimento, tanto a mãe de Miller, quanto a polícia havia feito uma busca no jardim denso, mas não encontraram nada.

Fonte: Terra