Enfermeira da pegadinha telefônica ligada a gravidez de Kate Middleton se enforcou; leia

Enfermeira da pegadinha telefônica ligada a gravidez de Kate Middleton se enforcou; leia

Análise indica que a indiana Jacintha Saldanha cometeu suicídio

A enfermeira do caso da "pegadinha telefônica" relacionada com a gravidez de Kate Middleton se enforcou, segundo a necrópsia, cujo resultado foi divulgado nesta quinta-feira (13) em Londres.

A indiana Jacintha Saldanha, que era casada e mães de dois filhos, foi encontrada morta, pendurada em um cachecol amarrado na porta de um guarda-roupa, em um alojamento do hospital, na sexta-feira passada.

Jacintha, que tinha 46 anos, foi achada por uma colega e por um membro da equipe de segurança do hospital King Edward VII, onde trabalhava havia mais de quatro anos.

"Infelizmente foi encontrada enforcada", declarou o inspetor da polícia James Harman, em um julgamento de instrução londrina.

Ela também tinha um ferimento no pulso, mas não havia "circunstâncias suspeitas" no local, o que afasta a hipótese de homicídio, segundo o policial.

A polícia encontrou dois bilhetes no quarto e um terceiro entre os pertences de Jacintha, mas não revelou o conteúdo.

Saldanha foi a enfermeira que atendeu na semana passada à ligação de dois locutores da rádio australiana 2Day.

Ela passou a ligação para uma colega que atendia Kate, internada desde a véspera por complicações relacionadas com sua recente gravidez.



Os radialistas imitaram a voz da Rainha Elizabeth II e do Príncipe Charles e pediram informações sobre a gravidez.

O caso gerou repercussão mundial.

A imprensa britânica falou, desde o começo, da possibilidade de um suicídio. Aparentemente, Jacintha não revelou à sua família que tinha sido vítima do trote.

Na segunda-feira, o premiê britânico, David Cameron, qualificou o incidente de uma "tragédia absoluta".

Fonte: G1