Enfermeira é criticada por publicar fotos ao lado de cadáver

Enfermeira é criticada por publicar fotos ao lado de cadáver

Segundo o jornal que publicou as fotos, diversas pessoas comentaram no álbum reclamando da atitude da enfermeira

Uma enfermeira suíça causou polêmica no seu país ao publicar imagens posando ao lado de um cadáver no Facebook. Ainda não há informações sobre uma possível punição à mulher, que não foi identificada, porém o caso chocou o país após as imagens serem publicadas por um jornal local, chamado 20 Minuten. Autoridades da área da saúde já manifestaram seu descontentamento com o ocorrido.

Na última sexta-feira, a enfermeira publicou quatro fotos dela ao lado de uma senhora, paciente de um centro de tratamento de idosos na cidade de St. Gallen, próxima à fronteira com a Áustria. Na legenda, ela escreveu a frase ?Acho que ela está dormindo ou morta. Dica: eu sou a carregadora da alma?. Nem mesmo os amigos dela acharam a ?brincadeira? engraçada.

Segundo o jornal que publicou as fotos, diversas pessoas comentaram no álbum reclamando da atitude da enfermeira. Ela limitou-se a dizer simplesmente: ?O Facebook é meu e eu posto o que quiser. Quem não gostar, pode se ferrar e morrer?. O jornal ainda fez uma pesquisa mais minuciosa no perfil da enfermeira e encontrou diversas outras fotos com referências à supostos rituais satânicos e coisas do tipo.

Em nota oficial, a federação de enfermeiros da Suíça revelou à agência de notícias ATS que o incidente é somente um dos muitos casos em que a falta de preparo destes profissionais acaba ficando evidente. Segundo a organização, é preciso melhorar muita coisa na área.

?Para evitar a repetição de um caso como este, há uma necessidade urgente de registros profissionais e de condições de trabalho dignas para os trabalhadores, aumentando a qualidade da equipe. Sendo uma profissional ou amadora, é claro que esta pessoa não poderia estar neste setor da saúde?, disse o comunicado.

O site Daily Dot informa que autoridades da cidade de St. Gallen estão estudando punições criminais à enfermeira. Um inquérito deve ser aberto, porém, mais detalhes ainda estão em sigilo para não atrapalharem as investigações.

Fonte: Tech Tudo