Enfermeira que caiu em trote de rádio australiana sobre Kate é enterrada na Índia

Enfermeira que caiu em trote de rádio australiana sobre Kate é enterrada na Índia

Além do viúvo, Ben Barboza, estavam presentes os dois filhos do casal, Lisha e Junal,

Familiares e amigos se despediram nesta segunda-feira (17) da enfermeira Jacintha Saldanha, que cometeu suicídio em Londres dias depois de ser alvo de um trote de uma rádio australiana que desejava saber informações sobre o estado de saúde de Kate Middleton, mulher do príncipe William.

O enterro de Jacintha foi realizado em Shirva, no Estado de Karnataka, na Índia. Além do viúvo, Ben Barboza, estavam presentes os dois filhos do casal, Lisha e Junal, e dezenas de membros da igreja frequentada pela família.

O corpo da enfermeira, que trabalhava no hospital King Edward VII, em Londres, chegou à Índia no domingo e foi mantido na casa da família na cidade até ser levado para a igreja nesta segunda, para o velório.

Jacintha foi encontrada enforcada em 7 de dezembro, no alojamento destinado a funcionários do hospital na capital inglesa, dias depois ter sido vítima de um trote telefônico de apresentadores de uma rádio australiana, que se fizeram passar pela rainha Elizabeth 2ª e o príncipe Charles, respectivamente avó e pai do príncipe William.

Na manhã de 3 de dezembro, Saldanha tinha passado a informação a uma colega do hospital onde Kate Middleton estava internada. A colega de Saldanha deu, então, aos apresentadores da rádio notícias sobre a jovem, quebrando as regras de confidencialidade sobre os pacientes.

As motivações que levaram a enfermeira a tirar a própria vida ainda não foram informadas, mas ela deixou três bilhetes, em um deles, criticava a postura do hospital após o trote.

O hospital King Edward VII assegurou ter dado apoio à funcionária e que ela não sofreu nenhuma "medida disciplinar".

Fonte: UOL