Escola retira portas de banheiros para evitar sexo entre alunos

Escola retira portas de banheiros para evitar sexo entre alunos

A aluna Sarah O´Kerke afirmou já ter presenciado algumas cenas picantes nos banheiros da escola.

Uma escola na cidade de McKinney, no Texas, resolver retirar as portas dos banheiros após pedidos de pais e alunos como uma medida preventiva para, segundo eles, "manter as crianças em segurança", informou o Daily Mail. Mas os rumores circulando entre os alunos dão conta que as portas foram removidas para impedir atos sexuais.

A aluna Sarah O´Kerke afirmou já ter presenciado algumas cenas picantes nos banheiros da escola. "Eu entrei no banheiro e vi meninas e meninos juntos lá dentro", contou a estudante ao canal local KDAF-TV. A história foi confirmada pelo colega Avniel Guerra: "Eu ouvi que a razão para a retirada das portas foi que eles pegaram um casal de calouros fazendo sexo no banheiro".

O porta-voz da escola, Cody Cunningham, nega os boatos, afirmando que a decisão foi tomada para prevenir brigas entre os alunos. "Os alunos acreditam que a razão para removermos as portas está ligada a sexo nos banheiros, mas essa não é a verdade", declarou ele ao site nbcdfw.com. Segundo Cody, essa é uma prática comum em escolas mais novas: "às vezes eles tiram as portas do banheiro apenas por uma questão de supervisão".

Alguns responsáveis de alunos acreditam que a atitude seja uma invasão da privacidade das crianças, no entanto, apenas as portas de entrada do banheiro serão retiradas, não as dos reservados. O estado do Texas está em quarto lugar no ranking nacional de gravidez entre estudantes, com uma grávida em cada 86 jovens entre 15 e 19 anos.

Fonte: Extra