Escolas adotam uniforme sem gênero para dar fim ao preconceito

Assim deixa as crianças livres para se vestirem da melhor forma.

As escolas públicas da Inglaterra resolveram inovar e deixar de lado a obrigatoriedade em meninos usarem um tipo de uniforme e as meninas usarem outros. A direção resolveu então criar os uniformes ‘livres de gênero’, onde é oferecida as opções de saia, calça, paletó e gravata tanto para meninos como para meninas, ou seja, as meninas poderão usar calças e os meninos saias.

O que para alguns não muda em nada e se torna apenas um mero detalhe, para outros essa nova realidade tem o objetivo de eliminar as divisões entre gêneros. Deixando as crianças livres para se vestirem da melhor forma e do jeito que se identificarem, além de evitar a prática do bullying que já começa desde cedo.

Abdicar de definições prévias impostas é um generoso passo para que os futuros adultos saibam melhor conviver com diferenças, singularidades, com o outro de maneira tolerante e empática.

Novos modelos de uniforme (Crédito: Reprodução)
Novos modelos de uniforme (Crédito: Reprodução)
Novos modelos de uniforme (Crédito: Reprodução)
Novos modelos de uniforme (Crédito: Reprodução)
Novos modelos de uniforme (Crédito: Reprodução)
Novos modelos de uniforme (Crédito: Reprodução)
Fonte: Hypeness