Escultura de gigante rasgando o chão faz sucesso em Feira de Arte em Budapeste

Escultura de gigante rasgando o chão faz sucesso em Feira de Arte em Budapeste

Escultura de gigante rasgando o chão, enquanto rosna ferozmente, faz sucesso em Budapeste

Um gigante em Budapeste parece estar submergindo das profundezas da terra, e fazendo bastante alarde. Pelo menos essa é a visão do artista húngaro Hervé Loránth Ervin, autor da escultura de um homem em proporções gigantescas que parece rasgar o chão, enquanto rosna ferozmente a plenos pulmões. Intitulada como "Feltépve", algo como "Apareceu", a obra foi feita em poliestireno e foi exibida na Praça Széchenyi, durante a Feira de Arte de Budapeste, realizada em outubro. Agora, os planos são montar a escultura na cidade de Ulm na Alemanha, também ao longo do Danúbio. Em seguida o gigante de Ervin deve visitar ainda Stuttgart e Viena.

A ideia de confeccionar a figura colossal foi fruto de um longo processo, conforme explica o artista europeu. Ele já havia feito uma escultura similar ao gigante em tamanho reduzido há alguns anos. Em uma viagem recente a Alemanha, Hervé conseguiu patrocínio do Instituto Balassi de Stuttgart para botar o projeto em prática.

Por causa do tamanho e do contraste com o casario clássico da vizinhança, a escultura tem causado reboliço. Em Budapeste, o artista conta que gostava de aparecer anonimamente na praça Széchenyi para observar a reação das pessoas que passavam por ali.

— Eu não esperava por esse sucesso. Sei que os estrangeiros estão mais acostumados com esculturas gigantescas, mas não esperava essa aceitação entre os húngaros. Especialmente por estar localizada em meio à prédios históricos — disse o artista ao site húngaro Funzine.

Durante a exposição em Budapeste, Hervé sentava-se por uma ou duas horas na praça para observar a interação dos pedestres com a escultura. Quando abordava os mais interessados e se identificava, era questionado sobre quem é o gigante e como ele foi feito.

Fonte: OGLOBO