Espanha prende brasileira acusada de matar recém-nascido

Espanha prende brasileira acusada de matar recém-nascido

Ela é acusada de enterrar, desenterrar e depois queimar o bebê

A polícia da Espanha prendeu uma brasileira que era procurada desde 2007 na Alemanha, acusada de ter asfixiado seu bebê recém-nascido, enterrado e depois desenterrado o corpo, e depois fugido para a Espanha, onde teria queimado o cadáver.

A mulher, de 34 anos, não teve sua identidade divulgada. A prisão ocorreu na localidade de La Codosera, na comunidade Extremadura, no oeste do país.

A brasileira era procurada pela polívia bávara desde fevereiro de 2007. Ela foi localizada pelo Grupo de Localização de Fugitivos da polícia espanhola.

O crime teria ocorrido entre 5 e 15 de fevereiro de 2007. Ela teria matado a criança, asfixiando-a com um lençol, um dia depois do nascimento. A polícia espanhola ainda não sabe onde o corpo da criança teria sido queimado.

Fonte: g1, www.g1.com.br