EUA não são "cegos" e nem "burros" ao negociarem com o Irã, afirma Kerry

Estados Unidos não são

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse neste domingo que os Estados Unidos continuam céticos em relação à vontade do Irã de desmantelar o seu programa nuclear e que as sanções serão mantidas enquanto as negociações continuarem.

"Nós não somos cegos, e eu não acho que nós sejamos burros. Acho que temos uma boa noção de como medir se estamos ou não agindo de acordo com os interesses do nosso país e do mundo", disse Kerry ao programa "Meet the Press" da NBC.

Os EUA e seus aliados diminuíram suas diferenças com o Irã nas negociações deste fim de semana em Genebra, mas não foram capazes de chegar a um acordo, com a França afirmando que a proposta não neutralizou adequadamente o risco de uma bomba atômica iraniana.

Israel também manifestou ceticismo, advertindo que o Irã não merece confiança até que desmonte o seu programa nuclear.

Kerry disse que os EUA têm o objetivo de conseguir que Teerã suspenda o desenvolvimento nuclear como um primeiro passo em direção a um desmantelamento completo do programa. Washington vai manter as sanções em vigor por enquanto, disse ele.

"Ninguém falou sobre como se livrar da arquitetura atual de sanções. A pressão continuará", disse.

Fonte: Folha de São de Paulo