Estrela pornô é demitida por permitir  homem fazer sexo em programa de rádio

Estrela pornô é demitida por permitir homem fazer sexo em programa de rádio

Além de Bangkok, 32 anos, que comandava o Real Life Stories, as atrizes Debi Diamond e Nicki Hunter foram mandadas embora.

Um caso no mínimo estranho aconteceu na semana passada nos EUA, causando rebuliço na já bastante polêmica multimilionária indústria pornô norte-americana. De acordo com nota publicada pelo site TMZ nesta sexta-feira (1º), a atriz Jessica Bangkok foi demitida de seu programa de rádio por ter deixado um homem fazer sexo durante a transmissão da atração.

Além de Bangkok, 32 anos, que comandava o Real Life Stories, as atrizes Debi Diamond e Nicki Hunter, que também já protagonizaram transas no ar, foram mandadas embora. Segundo os produtores da Radio Sex, responsável pela transmissão do programa, apesar de ser uma estação voltada para o sexo não são permitidas relações sexuais durante suas transmissões.

O mais curioso, no entanto, é que o sujeito que fez sexo com a garota não-identificada no programa um astro pornô conhecido apenas pela alcunha de Mr. Marcus, escondeu dela o fato de ter tido sífilis no ano passado, período no qual atuou com diversas mulheres em produções - sempre, como diz a "regra" da indústria nos EUA, sem o uso de preservativos. Pior: Bangkok saberia da condição do ator e mesmo assim o deixou transar no estúdio com a garota.

Há anos organizações tentam impor a obrigatoriedade do uso de camisinhas em filmes pornográficos norte-americanos. Isso ganhou força quando um ator chamado Derrick Burts alegou, em 2010, ter sido infectado pelo vírus HIV durante filmagens, tornando-se, assim, um porta-voz dos protestos.

Fonte: Terra