Bolívia: Estudante brasileiro morre após explosão causada por gás

Jovem cursava medicina em Cochabamba, segundo a imprensa local.

Um estudante brasileiro de 22 anos morreu após sofrer queimaduras em uma explosão no apartamento onde morava em Cochabamba, na Bolívia, nesta quinta-feira (22). Ele estava internado após ter mais de 95% do corpo queimado na explosão, ocorrida na manhã de quarta-feira (21), segundo o jornal boliviano ?Opinión?.

José Antonio Francisco Da Costa Baguen estudava medicina na Universidade Técnica Privada Cosmo (Unitepc). A explosão aconteceu no apartamento em que ele morava, no bairro de Huanuni.

O jovem havia alugado o apartamento em uma região perto da universidade. Segundo informações preliminares dos bombeiros, foi detectado um vazamento no botijão de gás que ficava na cozinha.

O gás se acumulou no apartamento, que estava com as janelas e portas fechadas. A explosão aconteceu quando o jovem ligou seu notebook.

Ainda de acordo com os bombeiros, ele seguiu até o banheiro em busca de água, mas não conseguiu deixar o lugar devido às graves feridas que sofreu pelo corpo.

O estudante foi levado para um hospital, onde morreu na manhã seguinte.

Segundo o jornal boliviano ?Opinión?, o jovem era natural do Maranhão e cursava o sexto semestre de medicina.

Fonte: G1