Estudante gay quer perder virgindade diante de 100 pessoas em galeria de arte de Londres

Estudante gay quer perder virgindade diante de 100 pessoas em galeria de arte de Londres

Clayton Pettet marcou performance para 25 de janeiro de 2014 em Londres.

O estudante de arte Clayton Pettet, de 19 anos, causou controvérsia na Inglaterra ao divulgar um projeto chamado "Art school stole my virginity" (em português, a escola de arte roubou minha virgindade). O aluno da universidade St. Martins diz que vai fazer sexo gay pela primeira vez na performance, diante do público, em um espaço para cem pessoas na região Leste de Londres.

O jovem diz que quer, com o projeto de arte, "debater o estigma da virgindade". "Culturalmente, damos muito valor à ideia de virgindade, então decidi usar a minha - e a perda dela - para criar uma obra que, na minha opinião, vai estimular um debate e questões interessantes sobre o assunto", ele disse ao tabloide inglês Daily Mail, em edição desta sexta-feira (25).

Clayton diz planejar há três anos a performance, que pretende realizar com um amigo. Ele criou um site para divulgar o projeto. Ele disse ao "Daily mail" que não contou sobre o projeto aos seus pais.

Segundo o "Daily mail", a performance recebeu críticas de movimentos gays ingleses por banalizar a arte e o sexo. Para representante do Movimento de Gays e Lésbicas, "o projeto não é arte e torna barata a relação especial que existe entre pessoas que se amam".

Aescola de arte St. Martins, onde estuda Clayton, já teve como alunos os estilistas Stella McCartney e John Galliano e os cantores Jarvis Cocker, da banda Pulp, e M.I.A.

Fonte: G1