Estudante obriga indústria a mudar caixa de sucos com erro gramatical

No Reino Unido, Albert Gifford, 15, obrigou a gigante Tesco a trocar embalagens



No Reino Unido, a rede de supermercados Tesco foi forçada a trocar suas embalagens de suco de laranja depois que um estudante denunciou um grave erro gramatical. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

Durante um café da manhã, o estudante Albert Gifford, 15, leu na caixa que seu suco era feito apenas com as "most tastiest" laranjas --seria o equivalente a dizer em português que eram as "mais melhores" laranjas.

O garoto de Shepton Mallet, sudoeste da Inglaterra, escreveu para a rede de mercados para fazer a reclamação e sugerir que a expressão incorreta fosse trocada por "tastiest" ou "most tasty", como mandam as regras da língua inglesa.

Após esperar por dias a resposta da empresa sem sucesso, o adolescente decidiu escrever uma carta ao tabloide Daily Mail contando o erro, a sua indignação e a apatia da empresa. A carta foi publicada no jornal na semana passada.

No dia seguinte à publicação, Albert recebeu uma resposta da Tesco, prometendo que as novas embalagens serão corrigidas. "Nosso grupo de designers checa todas as embalagens com muito cuidado antes de que sejam usadas e fazemos revisões regulares, mas aparentemente esse erro passou", disse um representante da empresa a Albert, segundo o Daily Mail.

O estudante, que pretende cursar medicina, sentiu-se contemplado pela resposta da empresa e brincou: "Não acho que as embalagens de mercado deveriam ser responsáveis por ensinar gramática aos jovens, mas não consigo deixar de pensar que cada pequena coisa ajuda."

Fonte: UOL