Estupradores são proibidos de dar doces a crianças no Halloween

As pessoas com este perfil estão proibidas de decorar a casa por ocasião

As pessoas com antecedentes de agressão sexual não poderão abrir suas portas para crianças que pedirem doces no Halloween, nem enfeitar suas casas ou usar luzes ornamentais para esta festa tradicional, decidiram nesta terça-feira autoridades de um condado no sul da Califórnia.

Segundo a nova medida, que entra em vigor imediatamente, as pessoas com este perfil estão proibidas de decorar a casa por ocasião da Noite das Bruxas, durante as 24 horas do dia 31 de outubro, no condado de Riverside, próximo à cidade de San Diego.

Agora, para os 3.500 agressores do condato será ilegal acender luzes decorativas a partir das 17h00 de 31 de outubro. Tampouco poderão abrir a porta para as crianças que, segundo a tradição, se fantasiam com roupas de monstros e saem pela vizinhança pedindo doces.

"É outra forma de evitar que os jovens da nossa comunidade entrem em contato com pessoas com antecedentes", disse o supervisor Jeff Stone, que propôs as restrições.

Após uma votação unânime de seus cinco membros, a Junta de Supervisores do condado aprovou a emenda a uma medida anterior, que já proibia aos agressores sexuais circularem a menos de 100 metros de creches, livrarias, parques, piscinas ou escolas. Tampouco podem residir a menos de 600 metros de uma escola, parque ou qualquer instituição que cuide de crianças.

Aqueles que violarem esta medida estão sujeitos a uma multa de 1.000 dólares e seis meses de prisão.

"Não se pode controlar essa gente", afirmou à junta Julie Waltz, moradora do condado. "Acham que isto vai evitar que ataque mulheres e crianças? Não acho", acrescentou.

A lei da Califórnia exige a todas as pessoas que tiverem sido condenadas por um crime vinculado a uma agressão sexual para notificarem mudanças de endereço às autoridades.

Na comemoração do Halloween, na noite de 31 de outubro, milhões de crianças em todo o país batem às portas, repetindo o tradicional lema "Doces ou travessuras". Em troca de doces, poupam os moradores da casa de suas brincadeiras.

Fonte: Terra, www.terra.com.br