EUA: isenção de visto para brasileiro não ocorrerá tão cedo

EUA: isenção de visto para brasileiro não ocorrerá tão cedo

É o que afirmou o segundo o ministro-conselheiro dos Estados Unidos, Todd Chapamn.

Ainda não há prazo para que o Brasil faça parte dos cerca de 30 países do Global Waiver (localidades com dispensa de visto norte-americano). Segundo o ministro-conselheiro dos Estados Unidos, Todd Chapamn, ainda é necessário ?muita conversa? para que os brasileiros sejam isentos do visto.

MUDANÇA NOS VISTOS

Em 2010, o visto americano passou a ter validade de 10 anos e não mais de 5 para viagens de turismo e de negócios realizadas por brasileiros. Já em janeiro deste ano, os EUA decidiram tornar mais rápida a concessão de vistos para brasileiros. Agora, menores de 16 anos, maiores de 66 anos e quem estiver renovando vistos de negócios e turismo (B1 e B2), trânsito (C1/D), estudante acadêmico (F) e estudante de escola técnica (M) com visto anterior expirado nos últimos 48 meses passarão por um processo simplificado.

Durante o evento "Oportunidades de Turismo nos EUA", que ocorre hoje (16) na Confederação Nacional da Indústria (CNI), o ministro do Interior dos Estados Unidos destacou os esforços do país para facilitar a entrada dos brasileiros. ?Queremos tornar mais fácil a obtenção do visto. Reconhecemos que quando você tem que esperar de três a quatro meses para conseguir o visto, isso acaba sendo um grande impedimento para a viagem.?

Salazar ratificou a abertura de mais dois consulados norte-americanos no Brasil: em Porto Alegre e em Belo Horizonte. Atualmente, há consulados norte-americanos em Brasília, no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Recife. O ministro do Interior dos EUA também destacou a liberação de brasileiros da entrevista individual para obtenção do visto. Menores de 15 anos e idosos não precisam mais passar por esse processo.

Fonte: UOL