EUA: Médicos separam gêmeos siameses unidos pela espinha

EUA: Médicos separam gêmeos siameses unidos pela espinha

Irmãos estavam colados pela pélvis e pela parte inferior da espinha.

Autoridades do hospital infantil Le Bonheur, em Memphis, anunciaram que os médicos conseguiram separar com sucesso dois irmãos siameses que nasceram colados pela pélvis e pela parte inferior da espinha. O procedimento durou 13 horas.

O hospital do estado do Tennessee anunciou que o procecimento ocorreu em 29 de agosto e foi o caso mais complexo nos seus 59 anos de história. O hospital prometeu uma entrevista dos médicos envolvidos e da mãe dos bebês para dar mais detalhes.

Fonte: G1