Ex-banqueiro suíço diz ter entregado dados de clientes ao WikiLeaks

Ex-banqueiro suíço diz ter entregado dados de clientes ao WikiLeaks

Fundador do site de vazamentos disse que os dados serão averiguados

Um ex-banqueiro suíço, Rudolf Elmer, entregou pessoalmente nesta segunda-feira (17) ao fundador do WikiLeaks dois CDs com os nomes de 2.000 titulares de contas suspeitas de sonegação fiscal, conforme havia anunciado na véspera.

"Os documentos mostram os titulares das contas que se escondem por trás do sigilo bancário, provavelmente para tentar escapar do fisco", explicou Elmer, ex-executivo durante oito anos do banco Julius Baer na ilhas Caimã, um território britânico ultramar no Caribe.

Elmer entregou os dados no Frontline Club de Londres, onde o fundador do Wikileaks, Julian Assange, montou seu escritório. Assange recebeu os CDs, numa rara aparição nos últimos dias.

"Estou aqui para apoiá-lo", declarou Assange à imprensa. "É um denunciante e tem importantes coisas a dizer", afirmou.

Elmer precisou que o conteúdo dos CDs não será divulgado de imediato. "O WikiLeaks verificará os dados e se se trata realmente de evasão fiscal e os publicará mais tarde", explicou.

Entre os titulares das contas figuram 40 políticos e figuras importantes dos Estados Unidos, Suíça, Alemanha e Grã-Bretanha, segundo Elmer.

Fonte: g1, www.g1.com.br