Ex-candidata a Miss é acusada de manipular jogos de críquete

Mehta, que não é famosa na Índia, só apareceu em dois filmes de Bollywood, mas ela ganhou notoriedade após o caso.


Ex-candidata a Miss é acusada de manipular jogos de críquete

A atriz de Bollywood, maior indústria de filmes indianos, Nupur Mehta foi recentemente acusada de envolvimento com manipulações de resultados em jogos de críquete. O jornal inglês Sunday Times publicou a foto de Mehta sem citar seu nome e afirmou que ela está ligada a uma possível fraude na semifinal da Copa do Mundo de 2011, entre a Índia e o Paquistão. A indiana teria atraído os jogadores paquistaneses, segundo a publicação.

Mehta, que não é famosa na Índia, só apareceu em dois filmes de Bollywood, mas ela ganhou notoriedade após o caso. A atriz de 31 anos passou alguns anos na Europa como modelo e em 2003 voltou para seu país quando disputou o Miss Índia. Ela ainda negou que tenha envolvimento com críquete e pretende processar o jornal.

"Eu não tenho nenhuma ligação com essas pessoas. O jornalista do Sunday Times deve ser completamente apaixonado por mim para me fazer famosa na Índia, e até mesmo em Londres", afirmou a atriz.

De acordo com a publicação do último domingo, o Conselho Internacional de Críquete (ICC) irá investigar a partida, porém o chefe executivo da entidade, Haroon Lorgat, negou que isso aconteça.

"A história feita pelo jornal não faz sentido e é enganadora. O ICC não tem nenhuma razão ou evidência para exigir uma investigação sobre este jogo", disse Lorgat, que é descendente de indianos.

Ainda segundo o jornal britânico, 10 mil libras (cerca de R$ 28 mil) foram oferecidos para cada atleta. Ao final daquela partida, a Índia venceu o Paquistão, um de seus maiores adversário no esporte, e na final sagrou-se campeã contra o Sri Lanka.

Fonte: Terra