Ex-de Katy Perry, morto após assassinar idosa, ia a igreja de Cientologia

Ex de Katy Perry tinha ligações com a Cientologia e estava sob efeito de drogas ao cometer assassinato, diz site

Porém, de acordo com a polícia de Los Angeles, Johnny estava sob efeito de drogas quando matou uma senhora de 81 anos, agrediu dois homens, subiu no telhado de uma casa e de lá caiu, vindo a falecer.

Ele teria usado a droga PCP (Fenciclidina também conhecida como Angel Dust ou Wet) ou metanfetamina. Fontes contaram ao site que depois de matar a mulher, Johnny lutou com dos dois homens por três ou quatro minutos, ferindo um deles.


Ex-de Katy Perry, morto após assassinar idosa,  ia a igreja de Cientologia

Quando começou a briga, Johnny estava com um taco na mão, ou um pedaço de pau, mas depois usou as próprias mãos. Os investigadores contaram ao site que os homens agredidos disseram que Johnny parecia ter uma superforça e era "incrivelmente forte".

Lewis tentou entrar na casa de um dos homens que foram precisos três homens para contê-lo.

Outra fonte contou que, pela manhã, Johnny foi à casa de um vizinho para se apresentar. Outros vizinhos contaram ao TMZ que o ator era um homem muito legal.

Lewis trabalhou em séries como Sons of Anarchy e The O.C. e atuou em filmes como Aliens X Predador e The Runaways - As Garotas do Rock. Ele namorou a pop star Katy Perry entre 2005 e 2006.

Fonte: G1