Médico anestesista é processado por desenhar bigode em paciente e postar foto no Facebook

Médico anestesista é processado por desenhar bigode em paciente e postar foto no Facebook

Enquanto estava anestesiada, o médico Dr. Patrick Yang, achando que ela iria gostar da brincadeira, usou adesivos para lhe dar um bigode falso

Uma paciente norte-americana abriu um processo contra um hospital da Califórnia, nos Estados Unidos, depois de descobrir que um anestesista desenhou um bigode nela enquanto estava inconsciente aguardando cirurgia. A brincadeira foi fotografada com um celular e, segundo testemunhas, a imagem teria sido publicada no Facebook.

Segundo o "Daily Mail", Veronica Valdez, 36, realizou uma cirurgia em um dedo no Torrance Memorial Medical Center em outubro de 2011. Enquanto estava inconsciente, o anestesista Patrick Young usou esparadrapos para deixá-la com um bigode falso e ainda criou lágrimas de mentira abaixo de seu olho esquerdo.

Uma enfermeira então teria usado um celular para tirar uma foto de Veronica e comentado que a paciente "parecia membro de uma gangue de rua". Veronica também era funcionária do hospital, no qual trabalhou na área de suprimentos por 13 anos, e era amiga do anestesista e da equipe que realizou o procedimento cirúrgico.

Durante audiência do processo, Yang admitiu ter feito a brincadeira e disse ter pensado que Veronica iria achar graça e gostar daquilo. O anestesista alega que a foto foi apagada pela enfermeira logo após ser tirada, mas testemunhas ouvidas no caso dizem ter visto imagens da brincadeira postadas no Facebook.

O julgamento do caso deve ocorrer em janeiro de 2014. Yang continua trabalhando no hospital; a instituição considerou o ato como "falta de profissionalismo", mas não o demitiu.

Fonte: G1