Ex-namorada de milionário morto com vários tiros, modelo se entrega à polícia após ser acusada

Ex-namorada de milionário morto com vários tiros, modelo se entrega à polícia após ser acusada

O empresário e Maria tinham acabado de chegar à mansão na Espanha para comemorar os cinco meses de namoro

A modelo Mayka Kukucova, de 24 anos, se entregou à polícia em Bosaca, na Eslováquia. Ela é acusada de matar a tiros o milionário britânico Andrew Bush, de 48 anos, em um vilarejo na Costa del Sol, na Espanha. Segundo o jornal britânico Daily Mail, a família do empresário e sua atual namorada, Maria Korotaeva, de 20, celebraram a prisão da eslovaca.

?Eles pegaram ela!?, disse a ex-mulher de Bush, Sam Mason, de 45 anos, que é mãe de uma de suas filhas. ?Toda a família está muito feliz com essa notícia. As meninas, minha filha e sua irmã agora poderão dormir e focar no que realmente é importante, que é o seu luto?, afirmou ao jornal.

O empresário e Maria tinham acabado de chegar à mansão na Espanha para comemorar os cinco meses de namoro, quando se depararam com a ex, a modelo eslovaca Mayka. Bush já havia dito que a ex seria obcecada por ele e que tinha trocado todas as fechaduras para evitá-la. Quando Maria saiu da casa para deixá-los conversar, ouviu os disparos e viu a mulher fugir.

?Não poderia estar mais feliz! A informação ainda está com a polícia, eles não nos disseram muita coisa. Só que pegaram ela horas atrás?, disse Maria, na tarde desta terça. ?Eu sabia que aquela psicopata não conseguiria se esconder por muito tempo sem passaporte ou dinheiro. Ela não tinha para onde ir?, afirmou.

Um porta-voz da polícia espanhola confirmou a prisão. ?Eu posso confirmar que Mayka Kukucova foi presa no começo desta tarde depois que autoridades espanholas expediram um mandato de prisão europeu. Ela é a ex-parceira de Andrew Bush e foi preso sob suspeita de ter cometido um homicídio intencional. Sua extradição para a Espanha está sendo organizada?, disse ele ao jornal.

Relato do crime

Maria estava com Andrew minutos antes do crime. ?Quando entrei na casa e a vi, fiquei chocada. Tinha tanta segurança (na casa) que não sei como ela conseguiu entrar. Andy já tinha me contado que teve que trocar todas as fechaduras porque ela era obcecada e queria ter filhos com ele. Eu corri e me tranquei no carro. Não queria nenhum drama?, contou Maria ao jornal. ?Andy veio falar comigo e disse que estava tudo bem. Disse que ela era uma vadia louca, que estava (fazendo algo) ilegal e ele iria tirá-la de lá?, afirmou a estudante britânica.

Maria contou que, então, ouviu dois disparos e tentou entrar de novo na casa, mas não tinha a senha do engenhoso sistema de segurança. Ela ainda viu Mayka sair dali, entrar no carro e pegar a estrada correndo. Maria teve que ir até uma estrada para conseguir chamar uma ambulância, já que estava sem celular. A polícia só conseguiu localizar a casa do milionário duas horas depois, quando encontraram seu corpo, que tinha sido baleado duas vezes na cabeça.

?A filha dele me disse que ela era superciumenta desde que eles estavam juntos e que ela ficava olhando as nossas fotos hoje em dia?, disse Maria. ?Obviamente, estou feliz de estar viva, mas parece que um trem está passando por cima de mim sem parar. Não tem como descrever em palavras a sensação de ver alguém que você ama ser morto ao seu lado. Eu me sinto péssima. Tínhamos planos para o futuro, mas tudo acabou?, concluiu.


Ex-namorada de milionário morto com vários tiros, modelo se entrega à polícia após ser acusada

Fonte: Extra