Ex-presidente argentino faltou a todas as sessões do Senado em 2013

Ele apenas compareceu à cerimônia de juramento dos novos legisladores em novembro passado

O ex-presidente argentino (1989-1999) e senador Carlos Menem esteve ausente nas 18 sessões realizadas pelo Senado em 2013, marcando seu recorde de faltas desde que assumiu a vaga em 2005, indicam dados oficiais.

Ele apenas compareceu à cerimônia de juramento dos novos legisladores em novembro passado, segundo um levantamento do Semanário Parlamentar com base em dados publicados pelo site do Senado.

Dos 72 senadores, apenas 33 estiveram presentes em todas as sessões.

Menem foi eleito senador em 2005 pela província de La Rioja (noroeste), por um setor peronista opositor ao governo. Em 2011, renovou seu mandato até 2017.

Embora eleito, o ex-presidente, que introduziu drásticas reformas neoliberais na Argentina, teve um governo marcado por um estilo de vida ostentoso e é alvo de vários processos, está afastado do cenário político.

Fonte: Terra