Ex-presidente egípcio, Mubarack, chega a julgamento em maca

Ex-presidente egípcio, Mubarack, chega a julgamento em maca

O ex-presidente chegou ao tribunal em um helicóptero, trazido do hospital onde estava internado desde 3 de agosto

Acontece nesta segunda-feira (15) mais uma etapa do julgamento do ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, acusado de corrupção e envolvimento na morte de manifestantes durante um levante popular em janeiro.

Uma imagem capturada de uma emissora estatal do Egito mostra Mubarak sendo transportado em uma maca para o tribunal onde será julgado, nesta segunda, no Cairo.

O ex-presidente chegou ao tribunal em um helicóptero, trazido do hospital onde estava internado desde 3 de agosto. Ele foi então levado a uma cela com seus dois filhos, que também respondem a acusações de corrupção.

Mubarak e seus filhos Alaa e Gamal se declararam inocentes na primeira sessão em que foram julgados. "Nego completamente as acusações", declarou Mubarak, que já havia comparecido ao tribunal em uma maca, antes que seus filhos tomassem a palavra para rejeitar as acusações.

A promotoria acusou Mubarak de ter concluído um acordo com o ex-ministro do Interior Habib el-Adli, que também está no banco dos réus, para matar "de maneira premeditada" os manifestantes que, em janeiro e fevereiro, protestaram contra o regime no Cairo e em várias províncias egípcias.

Além disso, a promotoria acusou Alaa e Gamal Mubarak de corrupção. No momento de tomar a palavra para negar as acusações, os filhos de Mubarak seguravam um livro, provavelmente um exemplar do Alcorão.

Fonte: g1, www.g1.com.br