Ex-preso tatua rosto para não ser reconhecido pela polícia

Ex-preso tatua rosto para não ser reconhecido pela polícia

Campbell já foi preso por furto e por violentar uma jovem de 14 anos.

A intenção era passar despercebido, mas mesmo com o rosto todo coberto de tatuagens, o plano do criminoso Michael Campbell falhou.

O americano de 36 anos, cuja ficha criminal no últimos dez anos é das mais extensas, foi preso novamente no último domingo e, para a surpresa da polícia, tratava-se de um velho conhecido.

Campbell tatuou o rosto inteiro ficando totalmente irreconhecível, comparado com sua última foto tirada na prisão, em 2003.

Segundo informações do "Huffington Post", Campbell já foi preso por furto e por violentar uma jovem de 14 anos. No domingo, ele foi preso quando rondava o playground de uma escola pública no Estado americano do Missouri.

Fonte: UOL