Família de Michael Jackson estaria vendendo mercadoria "ilegal" do cantor

Família de Michael Jackson estaria vendendo mercadoria "ilegal" do cantor

Cinto com imagens de Michael e autografado por seus pais e pelos três filhos do cantor está à venda por US$ 1500.

A venda de um cinto comemorativo em homenagem a Michael Jackson por US$ 1500 - e que teria a "aprovação" dos pais do cantor, morto há um ano - pode ser considerada ilegal.

Segundo o site TMZ, o cinto, que contém assinaturas de membros da família de Michael, incluindo seus três filhos, Prince, Paris e Blanket, traria várias imagens que são marca registrada do cantor - como a imagem de um passo de dança e sua silhueta - e que portanto teriam que ter seu uso autorizado pelos responsáveis por seu espólio.

De acordo com o TMZ, os responsáveis por administrar a herança de Michael nunca autorizaram a venda do cinto.

"Nunca concordaríamos com o uso da assinatura dos filhos de Michael para promover a venda de mercadorias", afirmou o advogado Howard Weitzman.

A venda dos cintos estaria sendo gerenciada por um amigo da família do cantor por meio de um site, e já haveria 7000 cintos disponíveis para venda>

Fonte: EGO