Feministas protestam na Polônia contra leis que restringem aborto

Cerca de três mil mulheres marcharam contra leis que restringem aborto

Feministas protestaram com cartazes, com os dizeres "cortem o cordão" ("entre o Estado e a Igreja"), durante uma passeata neste domingo (11), em Varsóvia, na Polônia. Cerca de três mil participantes marcharam nas ruas para protestar contra a discriminação, contra leis que restringem o aborto e a submissão do governo aos religiosos.


Feministas protestam na Polônia contra discriminação

Feministas protestam na Polônia contra discriminação

Fonte: G1