Filha do sequestrador de Cleveland quer pena de morte para pai criminoso

Filhos e parentes estão chocados com a crueldade dos sequestros.

Arlene Castro, filha do acusado de ter sequestrado e mantido reféns as jovens Amanda Berry, Gina DeJesus e Michelle Knight durante uma década, concorda que o pai merece a pena de morte.

As informações são tabloide Daily Mail

O choque de Arlene é justificável: uma das vítimas, que permaneceu os últimos dez anos em cativeiro, amarrada, acorrentada, sofrendo diversos abusos e proibida de sair da casa em Cleveland, era sua melhor amiga na adolescência. Foi após voltar da escola com Arlene que Gina DeJesus, ao separar-se da amiga no meio do caminho, aceitou uma carona de Ariel Castro e, ao invés de ser levada para casa, foi sequestrada pelo acusado.

? Apenas a pena de morte pode fazê-lo sofrer as consequências

Arlene apareceu na TV e desculpou-se com a família de Gina DeJesus e disse querer muito rever a amiga.

A jovem está "envergonhada" pelo pai e horrorizada com seus atos.

Fonte: R7, www.r7.com