Freira é expulsa de convento por ter 600 amigos no Facebook

Freira é expulsa de convento por ter 600 amigos no Facebook

Irmã Maria afirma que suas atividades na rede não diminuíram em nada sua vocação

Uma freira espanhola que estava em clausura há mais de 35 anos foi convidada a se retirar por conta de suas atividades online. A "irmã internet", como ficou conhecida, usa a rede ativamente, tem cerca de 600 amigos no Facebook, e acabou sendo retirada do convento.

O site The Register conta que o convento de Santa Domingo el Real, na região de Toledo, na Espanha, adquiriu um computador há dez anos para que as freiras pudessem realizar transações bancárias e compras, limitando ainda mais seu contato com o mundo exterior.

Irmã Maria Jesús Galán, 54 anos, chegou a ser premiada por seu trabalho de digitalização de arquivos e obras raras da bibilioteca do convento. Entusiasmada, ela criou um perfil no Facebook e rapidamente conseguiu mais de 600 amigos, provavelmente curiosos sobre o que a enclausurada poderia contar.

Infelizmente, suas companheiras de convento não gostaram muito da situação e a freira conta que isso tornou "a vida impossível". Irmã Maria afirma que sua vocação estava mais forte do que nunca, mas que suas companheiras não entendiam isso.

O site do jornal The Telegraph conta que a Ordem Dominicana não se pronunciou sobre o assunto e o Arcebispo de Toledo afirmou se tratar de uma "questão interna". Mesmo assim, o The Register lembra que há algumas semanas o Papa Bento XVI alertou as pessoas para que não banalizem a mensagem cristã em redes sociais apenas para conseguir mais amigos.

A expulsão da freira, assim, parece ter ocorrido mais por problemas de aceitação de sua vida online no convento do que por qualquer posição da Igreja em relação ao Facebook ou às redes sociais. Agora, depois de mais de três décadas enclausurada, Maria está vivendo novamente com sua mãe, e afirma ter vontade de visitar Londres e Nova York.

Fonte: Terra, www.terra.com.br