Fuga para Rússia não funciona e Yanukovitch se esconde na Ucrânia

Yanukovich teria tentado fugir para a Rússia


Fuga para Rússia fracassa e Yanukovitch se esconde na Ucrânia
O dirigente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, destituído neste sábado pelo Parlamento, tentou fugir para a Rússia, mas foi interceptado na fronteira e agora está em paradeiro desconhecido, afirmou o presidente da câmara ucraniana, Aleksandr Turchínov. A informação foi dada depois que o canal de televisão TSN informou que Yanukovich estaria viajando para a Rússia.

"(Yanukovich) tentou embarcar em um avião rumo à Federação da Rússia, mas foi interceptado pelos guardas de fronteira. Neste momento, está escondido em algum lugar da região de Donetsk", na parte oriental da Ucrânia, de maioria de língua russa e celeiro eleitoral do presidente deposto, disse Turchínov na câmara.

Yanukovich teria tentado fugir para a Rússia, seu principal aliado, após ter denunciado hoje que os eventos na Ucrânia, onde a oposição tomou o poder, são um golpe de Estado. De acordo com Turchínov, outros cargos destituídos hoje pela Rada Suprema (legislativo), como o ex-procurador-geral Viktor Pshonka, também tentaram escapar da Ucrânia sem sucesso.

A Rada Suprema destituiu hoje Yanukovich por "abandono de suas funções constitucionais" e convocou eleições presidenciais antecipadas para 25 de maio. A Ucrânia o ápice dos protestos iniciados em dezembro do ano passado contra o governo pró-Rússia e a favor da aproximação com a União Europeia. Os confrontos desta semana deixaram dezenas de mortos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br