Funcionários se intoxicam ao abrir carta suspeita

Funcionários se intoxicam ao abrir carta suspeita

Duas pessoas foram levadas e hospital e trabalham no setor de correspondências

Dois funcionários da Embaixada dos Estados Unidos em Paris foram intoxicados nesta sexta-feira (30) ao abrir uma carta suspeita, cujo conteúdo ainda não foi determinado. Em comunicado, a embaixada informou que os primeiros exames não apontaram para componentes nocivos no material, informou o jornal parisiense Le Monde.

Fontes policiais citadas por vários meios de comunicação franceses disseram que os empregados afetados, com sintomas de intoxicação, foram levaram a um centro médico para serem submetidos a exames, de acordo com a EFE. A embaixada não foi esvaziada, publicou ainda o Monde.

Por enquanto, não há confirmação de que algum deles tenha ficado ferido, nem que a carta suspeita contivesse algum produto venenoso.

Oficiais da Polícia Judiciária francesa estão examinando o envelope para tentar determinar seu conteúdo e seus possíveis efeitos. A polícia também informou que funcionários foram intoxicados, mas não precisou as razões para o fato.

O envelope foi descoberto no serviço postal da embaixada, que recebe a correspondência do exterior. Os dois funcionários que passaram mal trabalham no setor e disseram que o envelope era suspeito.

A embaixada não explicou quais razões levaram a crer que o envelope era suspeito. Em 2001, os EUA sofreram uma onda de ataques por carta com o anthrax, uma bactéria que leva a um mal estar que pode ser mortal.

Fonte: R7, www.r7.com