Garçom se recusa a servir cliente que destratou garoto com Down

Michael Garcia se revoltou com atitude preconceituosa em restaurante do Texas

Uma criança de apenas 5 anos de idade foi vítima de preconceito em uma steakhouse na cidade de Houston, no Texas. Enquanto almoçava ao lado da família, Milo, que é portador de síndrome de Down, foi alvo de comentários agressivos por parte de um homem que estava sentado na mesa ao lado. O crime, porém, não passou batido: Michael Garcia, garçom do restaurante, questionou a ofensa e se recusou a servir aquele cliente, segundo noticiou o jornal britânico Daily Mail.


Garçom se recusa a servir cliente que destratou garoto de 5 anos com Down

O homem, que também estava acompanhado da família, primeiramente pediu para mudar de mesa e sentar longe do menino. Em seguida, disse: ?Crianças especiais deveriam ser especiais em outro lugar?.

Ao ouvir o comentário, Michael, abismado, foi até o cliente tirar satisfação. ?Como é que você pode falar uma coisa dessas? Como pode falar isso de um lindo anjo de apenas 5 anos??, disse. Sabendo que poderia perder seu emprego, o garçom pediu desculpas, mas falou que não iria servir aquela mesa.

Milo e seus parentes, até o momento, não haviam notado nada. Eles só ficaram sabendo do acontecido quando um colega de trabalho de Michael os contou. Os pais do menino agradeceram e disseram que já se consideram clientes fiéis da casa.

Fonte: Crescer