Garota de programa confirma orgia na mansão de Berlusconi

Garota de programa confirma orgia na mansão de Berlusconi

A garota Nadia Macri confirmou ter participado de orgia na casa do premiê

Promotores da cidade de Palermo confirmaram que interrogaram recentemente Nadia Macri, uma garota de programa que alega que o primeiro ministro italiano, Silvio Berlusconi, pagou 10 mil euros por sexo com ela durante uma orgia em sua mansão na Sardenha há dois anos. As informações são da AP.

De acordo com a transcrição do interrogatório, publicada por jornais nesta quinta-feira, Nadia Macri afirmou que cerca de 30 mulheres, algumas delas de 17 anos, foram convidadas para uma festa na mansão do premiê. Ela teria dito aos promotores que nos quartos havia maconha para elas fumarem.

O premiê é acusado de ter organizado em sua casa de Arcore, perto de Milão, festas na presença de jovens mulheres, que receberam cerca de R$ 11.800 (5 mil euros) por noite, segundo a imprensa.

Além disso, Berlusconi teria pressionado a polícia em maio para liberar uma das participantes das festas, Ruby, uma marroquina de 18 anos. A garota, que na época era menor de idade, foi detida por um suposto roubo.

Esta não é a primeira vez que Berlusconi se vê envolvido em um escândalo do tipo. Em maio de 2009, a esposa do premiê, Veronica Lario, pediu publicamente o divórcio depois de ter sido informada sobre a presença de seu marido no aniversário de 18 anos de Noemi, uma aspirante a modelo que, segundo a imprensa, chamava Berlusconi de "papai". Veronica acusou o premiê de "ter relações sexuais com menores".

No mesmo período, a prostituta Patrizia D""Addario afirmou que teve um caso com Berlusconi.

Silvio Berlusconi, chamou de "lixo midiático" as reportagens falando da presença de adolescentes em festas na sua mansão. Ele negou o escândalo, disse que ama a vida e as mulheres e que não vai pedir desculpas por se divertir.

Fonte: Terra, www.terra.com.br