Polêmica: Garoto indonésio conhecido por fumar agora luta contra obesidade

Aldi conseguiu largar o fumo com um tratamento em Jacarta, capital da Indonésia e, agora, corre risco de ficar obeso.

Dois anos depois de chocar o mundo com seu vício em cigarros, o menino indonésio Aldi Rizal, hoje aos 5 anos, sofre com um novo problema de saúde: o sobrepeso. Aldi conseguiu largar o fumo com um tratamento em Jacarta, capital da Indonésia e, agora, corre risco de ficar obeso.

O menino foi descoberto na cidade de Sumatra, aos 2 anos de idade, quando fumava até 40 cigarros por dia. Seu caso estimulou o governo indonésio a lançar uma campanha para combater o fumo infantil no país.

O tratamento do menino incluiu apoio psiquiátrico à família. Sua mãe, Diane Rizal, de 28 anos, se preocupa com o peso do filho, que desenvolveu compulsão por comida quando largou os cigarros.

?Muitas pessoas ainda oferecem cigarros a Aldi, mas ele recusa. Quando ele parou de fumar, pedia muitos brinquedos. Ele batia sua cabeça contra a parede se não conseguisse o que queria. Foi por causa do seu temperamento que comecei a dar cigarros?, disse Diane ao Daily Mail. ?Agora eu não dou cigarros, mas ele come muito. Morando com tantas pessoas, é difícil impedi-lo de conseguir comida? conta.

Diane e seu marido, Mohamed, levaram Aldi a uma nutricionista que indicou uma dieta com muitas frutas e vegetais. Segundo o Daily Mail, o peso ideal do menino é de cerca de 17kg e, hoje, ele pesa 24kg.

?Eu fico feliz que as pessoas o reconheçam, mas não gosto que chamem Aldi de ?criança que fuma?. Parece que estão me acusando de ser uma mãe ruim?, queixa-se Diane, que contou que ele não tem o hábito de comer alimentos saudáveis.


Garoto indonésio conhecido por fumar agora luta contra obesidade

Garoto indonésio conhecido por fumar agora luta contra obesidade

Fonte: Extra