Gêmeas anoréxicas de 42 anos morrem em incêndio dentro de residência na Austrália

Gêmeas anoréxicas de 42 anos morrem em incêndio dentro de residência na Austrália

Os médicos afirmaram que a estrutura óssea delas era de uma mulher entre 70 e 100 anos de idade.

Duas gêmeas idênticas, que ficaram conhecidas pela batalha contra a anorexia, morreram em um incêndio que aconteceu nesta segunda-feira. Clare e Rachel Wallmeyer, de 42 anos, estavam em casa na cidade de Melbourne, na Austrália, quando o lugar pegou fogo. Segundo site ?Mail Online?, uma delas morreu na casa. A outra chegou a ser levada ao hospital, mas morreu nesta terça-feira.

As autoridades locais acreditam que o incêndio foi acidental. Muito magras, as irmãs apareceram na televisão australiana diversas vezes, para falar sobre a anorexia. Ainda de acordo o ?Mail Online?, Clare e Rachel acreditavam que a morte delas era uma questão de tempo. As irmãs não tinham um relacionamento há anos e nunca tiveram um emprego.

Apesar de a polícia acreditar que o incêndio foi acidental, há relatos, ao longo dos anos, de que uma irmã tentou matar a outra. Rachel foi acusada de tentar assassinar Clare. Os policiais foram chamados, por testemunhas que viram uma irmã tentando sufocar a outra. A acusação foi retirada mais tarde.

Clare foi presa, há alguns anos, condenada por uma série de roubos. Mais tarde, o juiz responsável pelo caso disse que viu na prisão da australiana uma chance de obrigá-la a se alimentar direito, e salvar a vida dela. Rachel também foi presa, condenada a 21 meses, por dirigir sob a influência de drogas e por empurrar uma pessoa nos trilhos do trem.

As duas sofriam de anorexia há anos, desde a adolescência. Adultas, elas chegaram a pesar 25 quilos. Os médicos afirmaram que a estrutura óssea delas era de uma mulher entre 70 e 100 anos de idade.





Fonte: Extra