Golfinhos morrem após uso de drogas em rave, aponta laudo

Exame toxicológico encontrou Buprenorphin - um substituto da heroína - na urina dos golfinhos

Os golfinhos Shadow e Chelmers eram duas das principais atrações do zoológico Connyland, na Suíça. Até que, em novembro, os donos do local alugaram um terreno próximo à área de treinamento dos mamíferos para organizadores de uma festa rave. Depois do final de semana de agito para milhares de pessoas, os dois animais apareceram mortos, dias depois.

Na época, a perícia havia condenado os veterinários do parque por darem antibióticos errados aos mamíferos. Mas agora, o resultado de outro exame toxicológico, que vazou na imprensa suíça neste final de semana, apontou outros responsáveis pelo acontecimento. O instituto florense de St. Gallen encontrou Buprenorphin - um substituto da heroína - na urina dos golfinhos. Shadow e Chelmers morreram com cinco dias de diferença, mas a cena da morte ainda está na memória dos funcionários.

?Eles estavam tremendo e a língua estava para fora?, conta a guarda do parque, Nadja Gasser, que afirma ao jornal Daily Mail deste domingo (6/5) que não consegue mais dormir desde que presenciou a agonia do golfinho por mais de uma hora.



(Foto: Reprodução / Daily Mail)

Para o biólogo marinho holandês Cornelis van Elk, a razão da morte dos golfinhos foi que eles respiraram debaixo d´água. ?Mesmo dormindo, uma parte do seu cérebro desses animais, automaticamente, controla a respiração. Com a ingestão da droga, esse sistema pode ter parado de funcionar?, explica. Agora, o parque quer saber porque a perícia não seguiu essas provas, no começo da investigação.

Fonte: globo Rural