Goran Hadzic, acusado de crimes de guerra, é transferido para Haia

Goran Hadzic, acusado de crimes de guerra, é transferido para Haia

Hadzic é acusado de 14 crimes contra a humanidade e de guerra

Goran Hadzic, acusado de crimes de guerra pela Justiça internacional, está a caminho do Tribunal Penal para a ex-Iugoslávia em Haia, informou nesta sexta-feira (22) a ministra sérvia da Justiça, Snezana Malovic.

"Neste momento, o avião está a caminho de Haia. Informo-lhes que nesta manhã foi assinada a ordem de extradição de Goran Hadzic", afirmou a ministra à imprensa.

Goran Hadzic, que estava foragido há sete anos, foi preso na quarta-feira cerca de 100 km ao norte de Belgrado, capital da Sérvia. O ex-chefe militar dos sérvios na Croácia durante a Guerra dos Bálcãs (1991-1995) era o último da lista de 44 pessoas procuradas pelo Tribunal.

Hadzic é acusado de 14 crimes contra a humanidade e de guerra.

Fonte: g1, www.g1.com.br