Mulher grávida perde bebê de 31 semanas após fazer sexo com marido

O caso aconteceu em setembro de 2008.

Após fazer sexo, Karen Smith perdeu seu bebê de 31 semanas, de acordo com o jornal britânico Daily Mail desta segunda-feira (1º).

Segundo a publicação, ela começou a sentir cólicas e ter sangramento horas depois da relação sexual. O caso aconteceu em setembro de 2008.

A princípio, os médicos disseram que seus sintomas eram normais. Porém, horas mais tarde, ela foi submetida a uma cirurgia de emergência para retirar a criança, que havia morrido. O útero de Karen também foi retirado para salvar sua vida . Karen é mãe de três crianças.

Depois de sofrer por acreditar que havia matado seu próprio filho, ela descobriu que, na verdade, ela havia sofrido um descolamento prematuro da placenta. Este problema poderia ter sido evitado poderia ter sido evitado, caso os médicos tivessem descoberto o problema meses antes e ela tivesse passado por uma operação.



Fonte: r7