Grupo armado mata prefeito na região norte do México

Ataque coincide com visita do presidente Felipe Calderón ao Estado de Chihuahua

Um grupo armado assassinou na noite desta quarta-feira (17) Ramón Mendívil, prefeito do município de Guadalupe e Calvo, cidade no norte do México.

O ataque, que também deixou um segurança morto, ocorreu no Estado de fronteira de Chihuahua, o mais violento do país.

Os assassinatos coincidiram com a segunda visita em uma semana do presidente Felipe Calderón a Ciudad Juárez, em Chihuahua, que faz fronteira com os Estados Unidos e fica 600 km ao norte de Guadalupe e Calvo.

O prefeito retornava de uma cerimônia na cidade de Chihuahua, capital do Estado, quando o carro dele foi metralhado por um grupo de seis homens, segundo uma fonte da Justiça estadual que pediu anonimato.

Mendívil e o segurança foram atingidos pelos tiros e o carro bateu contra outro veículo.

Horas antes, um grupo armado havia matado três policiais em uma localidade serrana de Guadalupe e Calvo. Ainda não está claro se há ligação entre os ataques.

Nesta quarta-feira, o presidente Felipe Calderón se reuniu com autoridades e representantes da sociedade civil para avaliar a situação em Ciudad Juárez.

A cidade mais violenta do México registrou 2.660 assassinatos em 2009, atribuídos na maioria aos confrontos entre os cartéis de drogas.



Fonte: R7, www.r7.com