Grupo armado sequestra ônibus escolar com 15 crianças

Suspeitos exigem resgate de mais de R$ 200 mil; polícia negocia com sequestradores

Quinze estudantes, a maioria deles com menos de dez anos, foram sequestrados no Estado de Abia, no sudeste da Nigéria, por um grupo de homens armados que pediram resgate equivalente a R$ 226 mil (US$ 133 mil) por sua libertação, informa a imprensa local nesta terça-feira (28).

De acordo com as fontes - que citam o porta-voz da polícia estadual, Geofrey Ogbonna - o sequestro aconteceu nesta segunda-feira (27), quando os suspeitos, que não foram identificados, bloquearam com um veículo a passagem do ônibus escolar dos menores, que estudavam em uma escola da localidade de Aba. A polícia negocia com os sequestradores.

Os sequestros para obter resgates são muito frequentes nos Estados do sudeste e na zona petrolífera do sul da Nigéria, onde atuam vários grupos armados que não foram controlados pela polícia e pelas forças militares que atuam na região.

Após o perdão concedido pelo governo em 2009 a milhares de guerrilheiros e membros de grupos armados do sul da Nigéria, os rebeldes esperavam investimentos para o desenvolvimento da área, imersa na miséria, e a reinserção social de insurgentes que se entregaram. As medidas, no entanto, estariam atrasadas, segundo os afetados.

A imprensa local que muitos dos desmobilizados, que não receberam compensações, voltaram a pegar em armas e formaram grupos criminosos.

Os veículos de imprensa consideram que a recente destituição do inspetor geral da polícia da Nigéria, Ogbonna Onovo, por parte do presidente, Goodluck Jonathan, aconteceu em parte por sua incapacidade para acabar com os sequestros.

Fonte: R7, www.r7.com