Guiness: Aos 115 anos, japonês se torna homem que mais viveu

Ele é a pessoa viva mais velha; recorde de idade atingida é de mulher.

O japonês Jiroemon Kimura, reconhecido pelo livro "Guiness World Records" como a pessoa viva mais velha do mundo, se transformou nesta sexta-feira (28) no homem que mais tempo viveu em todos os tempos, ao completar 115 anos e 253 dias.


Guiness: Aos 115 anos, japonês se torna homem que mais viveu

O recorde anterior pertencia ao dinamarquês Christian Mortensen, que morreu em 1998 aos 115 anos e 252 dias.

Segundo o Guinness, a pessoa que mais tempo viveu é a francesa Jeanne Louise Calment, que faleceu em 1997 aos 122 anos e 164 dias. Entre os homens, entretanto, o recorde atual é de Kimura.

No último dia 16 de dezembro, Kimura se transformou na pessoa mais velha do mundo após a morte da americana Dina Manfredini, também de 115 anos.

O japonês, que já era tido como o homem mais velho do mundo desde abril de 2011, nasceu no dia 19 de abril de 1897, na antiga província de Tango (atual província de Kioto) e trabalhou até os 100 anos.

Embora o ancião esteja hospitalizado desde o último 15 de dezembro por causa de seu delicado estado de saúde, Kimura evoluiu favoravelmente desde então e segue lúcido.

O ancião japonês tem sete filhos, cinco deles ainda vivos, 14 netos, 25 bisnetos e 13 tataranetos, dois deles nascidos neste ano.

Fonte: G1