Haiti tem 40 linchamentos devido à epidemia de cólera

Vítimas seriam “propagadores” da doença no país

Pelo menos 40 pessoas foram linchadas desde o início da epidemia de cólera no Haiti, em meados de outubro, acusadas de propagar a doença, informou nesta quarta-feira (22) o ministério haitiano da Comunicação e Cultura.

No início de dezembro, as autoridades haviam informado 14 mortes por linchamento em incidentes ligados à cólera no departamento de Gran"Anse, no sudoeste do Haiti.

No total, 2.591 pessoas já morreram desde o início da epidemia de cólera no Haiti, onde 121.518 pacientes receberam tratamento médico.

Fonte: R7, www.r7.com