Herdeiro da Tetra Park viveu com cadáver de mulher por quatro dias

Herdeiro da Tetra Park viveu com cadáver de mulher por quatro dias

A morte continua um mistério para a polícia.

O bilionário Hans Kristian Rausing pode ter vivido com o corpo morto de sua esposa Eva por até quatro dias antes de ser descoberto pela polícia.

Apesar de viver em uma vasta mansão de 45 milhões de reais, o casal - que travaram uma longa batalha contra o vício em drogas pesadas - tinha-se tornado cada vez mais recluso, limitando-se a duas salas da casa.

Detalhes do estilo de vida extraordinária e trágica de um dos homens mais ricos da Grã-Bretanha casais surgiram com as investigações da Scotland Yard, polícia londrina.

Os investigadores acreditam agora que a esposa americana do herdeiro de 49 anos de idade da Tetra Pak R pode ter sido morta três ou quatro dias antes de ser descoberto pela polícia em um quarto no segundo andar da casa.

A morte ainda continua sendo um mistério.

Fonte: Daily Mail