Homem aventureiro vai passear na selva e é devorado por canibal

Não é história de filme de terror

Não é história de filme de terror. O aventureiro Stefan Ramin, de 40 anos, que nunca retornou de uma viagem à Polinésia Francesa foi vitima de um assassino canibal.


Image title

A polícia britânica concluiu uma investigação que afirmou que ele virou almoço de um canibal local que agia como guia turístico. Mas o governo da Polinésia negou veementemente a possibilidade.

O comilão de aventureiros seria Henri Haiti, que supostamente amarrou e estuprou a mulher de Ramin. O caso jamais foi resolvido e Henri não foi preso, embora a imprensa se refira a ele como um "conhecido canibal".

Image title



Fonte: Com informações do R7