Homem chega à emergência de hospital com cobra no pescoço

Homem chega à emergência de hospital com cobra no pescoço

A cobra, na verdade, havia sido usada para pressionar um devedor a lhe pagar

Funcionários da emergência de um hospital em Bucareste (Romênia) fugiram quando Florian Todor chegou ao local. O motivo: o sujeito de 41 anos estava com uma cobra em volta do pescoço.

Mas essa não era a razão de Florian procurar atendimento. A cobra, na verdade, havia sido usada para pressionar um devedor a lhe pagar. Não deu certo. O devedor conseguiu se esquivar, golpeou Florian na cabeça e fugiu, relatou o "Austrian Times".

Florian foi tratado, mas a "arma" foi apreendida. O romeno está proibido de possuir cobras.

Fonte: O Globo, www.oglobo.com.br