Bibliotecário de 62 anos é preso após estuprar, cozinhar e comer várias mulheres há dois anos

Bibliotecário de 62 anos é preso após estuprar, cozinhar e comer várias mulheres há dois anos

Asch assistia a filmes com conteúdos voltados para o público adulto antes de atacar as vítimas.

Autoridades federais prenderam um homem depois dele matar, cozinhar e comer mulheres há dois anos. Christopher Asch, de 62 anos, era bibliotecário da prestigiosa Stuyvesant High School de Manhattan, e foi preso depois de investigações da polícia.

Asch assistia a filmes com conteúdos voltados para o público adulto antes de atacar as vítimas. O vídeo que ele assistia retrata mulheres sendo torturadas, tendo grampos sendo inseridos no mamilo, além de usar chicotes, algemas, agulhas e outros itens de tortura nas genitais das mullheres.

O advogado de defesa de Asch disse que o vídeo era uma maneira de fetiche do cliente, que nunca teria realizado tal prática na vida real. Se for condenado, Asch pode ficar a vida toda na prisão.

Fonte: Daily Mail