Homem é salvo da morte após larvas entrarem em seu cérebro

Mas a operação, realizada cerca de um ano antes, foi mal sucedida, causando-lhe um inchaço potencialmente mortal, o que, até então, ele não sabia.

Um homem que se queixava de dores de cabeça descobriu que elas eram causadas por uma infestação de vermes que, inesperadamente, o salvaram depois de comerem um tecido infectado que poderia tê-lo matado.

O vietnamita Pham Quang Lanh, de 28 anos, teve uma placa de metal inserida sobre seu crânio depois de ser atingido por uma barra de ferro em um canteiro de obras.

Mas a operação, realizada cerca de um ano antes, foi mal sucedida, causando-lhe um inchaço potencialmente mortal, o que, até então, ele não sabia.

Pham Quang Lanh, um vietnamita de 28 anos, foi salvo devido a uma infestação de larvas em seu crânio depois de uma cirurgia mal sucedida. Elas comeram tecido infectado.

Temendo que não pudesse pagar por qualquer outro tratamento médico, Pham torcia para que suas dores parassem. Mas como não cessaram, ele pediu a membros de sua família para verificarem os pontos em sua cabeça.

Surpreendentemente eles notaram várias larvas rastejando sob a pele e ele voltou ao hospital onde descobriu que elas o salvaram.

Isso porque, ao serem removidas depois de uma cirurgia, descobriu-se que havia um tecido morto poderia tê-lo matado se as larvas não o tivessem comido.

Dr. Nguyen Duc Anh, um neurocirurgião no hospital, disse: “Este tipo de infestação de moscas é extremamente raro, especialmente no crânio. Eu encontrei oito referências a ele na literatura médica mundial e em cada caso os outros pacientes morreram.”

No caso de Pham, no entanto, as larvas não tinham comido qualquer parte de seu cérebro devido à placa de metal.

Três anos depois, Pham ainda paga a conta da última operação, mas ao menos ainda está vivo.



Fonte: Gadoo